Pages

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Iminente

A despedida, a certeza de um fim iminente e a rara e falsa esperança de que tudo seja mentira vão se tornando cada vez mais distantes.
As coisas acontecem porque acontecem, consequências de decisões tomadas.
Só gostaria de agradecer por ter feito de mim, uma pessoa feliz.

A doação a um ser não é tão ruim, ficam coisas boas, e só ajuda a demonstrar o quanto você é boa. Mostra como você é sim capaz de conquistar alguém, mesmo que momentaneamente.

Infelizmente, não posso ter o controle dos sentimentos alheios, ninguém pode. Cada ser humano é um ser individual e mesmo que necessite de companheiros, toma suas decisões sozinho...

Se a decisão já foi tomada... Fazer o quê? Dizer o que?
Nenhum dos lados ficaria feliz sendo por obrigação ou pena o motivo de uma união...

O dia hoje está frio e eu estou bem, muito bem.

2 comentários:

neetho b. disse...

Olha, eu realmente amei.

Michelle disse...

Oi Gabriela,
sinceramente eu gostei demais do seu texto! Não tem como obrigar sentimento e é como você disse: fazer o que? dizer o que? Não há nada a ser feito nem dito, exceto aprender lidar com esse "frio" e estar bem consigo mesma. Muito bem escrito!

Postar um comentário