Pages

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

minha irmã, minha melhor amiga.

Importante.
Quem faz parte de mim.
É bom ter com quem partilhar as coisas, principalmente alguém assim como você.
Alguém que eu não sou, que seria, que gostaria de ser, que nunca serei, que um dia serei.
Minha irmã.
Às vezes somos, quase como um espelho, nos refletimos uma na outra e outras vezes não podemos ser mais opostas.

Juntas íamos a escola, juntas contávamos as horas para abrir os presentes que o papai noel deixava, juntas colhíamos o matinho pro coelhinho da Páscoa comer. Juntas andávamos o dia todo de bicicleta, juntas inventávamos coreografias e as executávamos sem pudor, juntas apanhávamos e riamos. Juntas passávamos horas no telefone .. Juntas brigávamos por um pedaço de papel (não só papel; papel, caneta, adesivos, cadernos, amigos e outros inúmeros objetos). Juntas fazíamos as piores (e melhores) traquinagens e principalmente, juntas aprendemos a ser quem somos, juntas imaginávamos o amanhã..
Juntas, juntas. Sempre juntas.
A vida era mais fácil porque a aprendíamos juntas. A executávamos juntas. Sempre juntas.

É tão louco.
Você ler a resenha de sua vida e perceber que sempre esteve alguém ali. Ao seu lado (ou não), mas isso não importa, porque SEMPRE esteve alguém ali.
Como observador, testemunha, narrador .. as vezes como mero figurante.. mas sempre ali.
Olhando, analisando, rindo, debochando, contrariando, ajudando, facilitando, especulando. Sempre ali, com você.

A pessoa que participou das suas maiores loucuras, a que você entregará os podres pro filhos.. filhos esses que serão sobrinhos, e que com certeza você tbm será madrinha, e amará com a msma intensidade.. como se fosse um pedacinho seu. Olhará como você olhava pra sua irmã caçula ... Protegerá, ajudará... amará.

Saiba que estou sentindo tanto a sua falta. Sinto tanto ;~
Houve a época em que a sua presença me era indiferente. Época em que tomamos rumos diferentes, com pais diferentes, amigos diferentes e personalidades diferentes.
Triste, porque a fase que perdi, foi de certa forma, a fase decisiva; a que formaria você. Quem você seria.
E eu perdi.

Quando retomei, me assustei. Apenas pensei: "Meudeus, olha você".
Me senti perdida. Confusa. Chocada.
Atrapalhada como quem pega o filme pela metade.
É um ano de diferença de idade, mas me sinto como sua mãe. A mãe que não tivemos. Aquela mãe que nós idealizamos para nossos futuros filhos.

Eu voltei. E tudo não poderia ser melhor.
No início clro, como sempre, foi difícil a convivência.
Não eramos mais as menininhas que brincavam de barbie.
Assim como eu tbm não era mais aquela garotinha que dizia primeiro que não queria mais brincar, só para que você tivesse que guardar toda a bagunça sozinha. Que pedia pra você engolir o choro, só pra que a nossa mãe me deixasse brincar um pouquinho mais na rua.

Histórias nossas.

Teríamos que começar do zero. Eu teria que lhe mostrar a pessoa amarga e intolerante que eu me tornei. E eu, teria que me acostumar com a pessoa sem escrúpulos e arrogante que você tinha se tornado.
Tão distantes. Chegamos ao ponto de parecer apenas duas pessoas dormindo no mesmo quarto.

E olhe pra nós?
Aquela fase decisiva, lembra? Aquela em que passamos sozinhas? Passou.
Estou aqui. Você está aqui! Comigo. Juntas novamente.
Juntas nos completamos, nos melhoramos.
Você é tudo o que eu desejei que seria.

E agora? O que vou fazer sem você?
Como durmo sem você? Como durmo sem seus beijos de boa noite? Ou o seu mau humor matinal?
Você me acostumou mau sabia? As noites passam lentamente agora, com você aí.. e quando sinto sede, tenho que me levantar. Quem irritarei?

A minha irmã caçula que é a minha cara.
As críticas de novelas e atores só tem fundamento (se é que tem um, rs) com você.
Agora tenho que lavar a louça sozinha, cantar as músicas sozinha.. As novidades agora, parecem de segunda mão. Não tem a msma graça contar sem ser olhando suas expressões de surpresa ou decepção.
O hábito de thub's na madrugada, de conversar até as 5 da manhã. De reclamar da vida e de como estamos gordas... É tudo diferente, agora.

Quando a vida parece mais difícil... saber que conto com o seu apoio incondicional torna tudo mais leve, mais tragavel e suportável. Só você escuta sem julgar, sem criticar. Apenas aconselha.. e quase morro de rir. Rir mto, rir sempre. Rir em qualquer lugar, na rua, no banheiro, na cozinha, na igreja -kkk

Por você viro a fera que eu  sei que não sou, compro brigas que nunca compraria .. uso roupas que nunca usaria. Pinto a unha de rosa, e uso cabelo pro lado.. só pra te agradar, rs.

Eu te adoro e te admiro e te amo por tudo que você é, por tudo que você representa, pelo simples fato de você existir. Tudo o que eu sou começa com você e tudo é melhor quando estamos juntas...
Juntas, juntas.. sempre juntas .. ETERNAMENTE juntas.



6 comentários:

Mariane Antunes disse...

ai chorei, minha irmã.. minha vida meu espelho.

eu te amo tanto tanto tanto
estou sentindo muito a sua falta
estou sentindo muito muito a sua falta.

minha coisa mais linda [red]♥

J! Demarttchelli disse...

Que linda declaração *-*

Rafael Queiroz disse...

linda declaração. Algo pessoal sendo exposto ao público leitor do blog. Muito bom.

Eu Jãninha disse...

Superrrrr...
http://eujaninha.blogspot.com/

Os Apestosos disse...

NOSSA QUE LINDAAA DECLARAÇÃO!! *---*
belo texto parabéns! gsotei das outras postagens tbem! ACHEI seu blog na comu do orkut!

seguindo!
passa la http://osapestosos.blogspot.com/

espero que se divirta! :D

Muay Thai Predator/The Vampire disse...

Ai que fofo...

http://thevampirediariesbest.blogspot.com/
Segue?

Postar um comentário